HOLOSCI[U]DAD[E]

PROJETO HOLOSCI[U]DAD[E]

Plataforma internacional iberoamericana de copesquisa em arte tecnológica | Organismo vivo, distribuído, co-elaborativo | Práticas artísticas em rede Experiências performativas, interativas, interterritoriais e multissensoriais

Desenvolvimento de experiências multissensoriais e multilinguagens que operam a articulação entre a corporeidade, sonoridade, visualidade, textualidade como elementos de observação, percepção, apropriação, intervenção e análise de ambientes urbanos em processos de transformação por meio da apropriação e da relação entre territórios [humanos / urbanos] e o patrimônio cultural tangível e intangível; | Criação coletiva de narrativas audiovisuais que operam em simultaneidade e de forma distribuía, articulando memória, lugar, ficção, documentário, performatividade, resultando em obras híbridas que envolvem grupos de pesquisa transdisciplinares e comunidade externa em contextos nacionais e internacionais. 

..::..

Holos Ci[u]dad[e]

HolosCi[u]dad[e] busca propor e analisar experiências metodológicas para compreensão da complexidade da cidade contemporânea, no atual contexto de espetacularização urbana, buscando articular linhas de abordagem que costumam ser tratadas separadamente: das práticas artísticas em perspectiva relacional, apreensão critica à experiência estética-corporal urbana. Tomando a noção de experiência como princípio norteador desta investigação metodológica processual, pretende-se focalizar as práticas artísticas em contexto, em campo, expandindo seu significado e alcance numa concepção de processo de metacartografia multisensorial, como possibilidade crítica propositiva. Entende-se cartografia multisensorial como um processo de apreensão do objeto - neste caso, as cidades contemporâneas- pelo sujeito, instaurado por uma dinâmica relacional corporal direta.

:: HOLOS ::

DEFNIÇÕES

Holos (do holos grego, inteiro, portanto katholou, universal) Concepção filosófico-científica, que aparece primeiro no “campo da biologia” no começo do século XX, quando o psiquiatra alemão Adolf Meyer Abich, desenvolvendo ideias sobre os filósofos que partem de John ScottHaldane (1860-1936), argumenta que toda a realidade é um todo orgânico ou um holismo orgânico. Posteriormente, denomina-se qualquer abordagem teórica que tende a considerar o objeto de estudo de uma ciência primariamente como um conceito, aplicando os princípios organicistas de que indivíduos ou elementos não têm outro significado senão aquele que confere o todo, ou a estrutura como a soma das partes de que é composto.

 

REDE DE REDES CO-ELABORATIVAS

Cliente
 
COORDENAÇÃO CO-PESQUISA

Lilian Amaral 

Artistas co-autores  
Laurita Salles Cleomar Rocha
Lêda Guimarães Wilder Fioramonte
Suzete Venturelli Antenor Ferreira
Lilian Amaral Ingrid Ambrogi
Marcos Gimenez Marcos Umpiérrez
Daniel Argente Liliana Fracasso
Francisco Cabanzo Bia Santos
Emilio Martínez Jorge Diáz Mitajira
Josep Cerdá e equipes
 

.::.

HOLOSCI[U]DAD[E] Brasil + Colombia + Uruguai + Espanha  + China

RESULTADOS

.::.

http://holos.espai214.org/